Universia-Knowledge@Wharton traz uma seleção com os artigos de maior repercussão em 2010

Aviso aos Leitores 
Universia-Knowledge@Wharton traz uma seleção com os artigos de maior repercussão em 2010 entre os leitores.

Finanças e Investimento: Espanha 2010: o desemprego impedirá que o país saia da crise?
O acaso quis que coubesse à Espanha, à frente da presidência da União Europeia (UE) no primeiro semestre deste ano, a tarefa de tirar o bloco comercial europeu da crise. Contudo, o cenário para 2010 é sombrio: o país se converteu “no doente da Europa” depois de seis ou sete trimestres consecutivos de crescimento negativo e de um desemprego galopante que é praticamente o dobro da média dos países da Europa. Isto, e mais o elevado déficit público e o crescimento negativo do PIB, serão os três grandes desafios do novo ano, mas não serão os únicos. As únicas notícias boas vêm de fora: os países vizinhos, já em processo de recuperação, poderão arrancar a Espanha das trevas. Clique aqui.

Política e Governo: O impacto social, político e econômico do terremoto no Chile
O recente terremoto e posterior tsunami no Chile puseram à prova a capacidade de resposta do governo da presidente Michelle Bachelet a poucas horas de passar o governo ao presidente eleito, Sebastián Piñera. Este, por sua vez, se viu compelido a mudar seu programa de governo para atender às prioridades que o novo cenário de crise impôs ao país. O abalo deixou centenas de vítimas, afetou também a infraestrutura do país e a qualidade de vida dos chilenos, que perderam casas, bens materiais e trabalho. Que conseqüências terá tudo isso para a economia do país este ano? Trata-se de uma pergunta que alguns especialistas respondem com preocupação, enquanto outros a respondem com otimismo. Clique aqui.

Recursos Humanos: A arte de motivar os empregados
Será que uma simples interação de cinco minutos com outra pessoa pode aumentar de forma espetacular a produtividade semanal de alguém? Isso é possível em alguns locais de trabalho, explica Adam Grant, professor de administração da Wharton. Grant dedicou períodos significativos de sua carreira à análise do que motiva o trabalhador em ambientes como call centers, farmácias que aviam receitas pelo correio, equipes de salva-vidas de piscina, entre outros. Em todas essas situações, diz ele, o empregado ciente de que seu trabalho tem um impacto significativo e positivo sobre os demais não se sente apenas mais feliz do que os outros, ele é também muito mais produtivo. Clique aqui.

Finanças e Investimento: Crise na UE: o futuro do euro está em risco?
Os recentes problemas da Grécia e a incerteza quanto à possibilidade de que esses mesmos problemas se repitam em países de maior peso como a Espanha e a Itália chamaram a atenção para a necessidade de um novo modelo de supervisão e de medidas mais contundentes na União Europeia. Nesse ínterim, o euro perdeu força diante do dólar, os diferenciais da dívida do velho continente dispararam e é cada vez maior o número de especialistas que preveem o advento de dificuldades ainda maiores. Clique aqui.

Marketing: Por que, e de que forma, as grifes esportivas esperam lucrar com a Copa do Mundo
No próximo dia 11 de junho ocorre um dos eventos de maior repercussão planetária: a Copa do Mundo organizada pela FIFA (Federação Internacional de Futebol) na África do Sul. Ao longo de um mês, 32 seleções de futebol representando seus respectivos países disputarão o título de melhor equipe do mundo. Contudo, as conotações desse evento vão além das glórias esportivas. O interesse mundial pelo acontecimento transformou o mundial de futebol em uma prova de fogo para as empresas patrocinadoras, principalmente as marcas esportivas, que investem pesadamente no evento e em seus participantes. Os princípios estratégicos e as apostas feitas pelas empresas dirão se elas foram bem-sucedidas comercialmente nessa Copa. Clique aqui.

Liderança e Mudança: Lições de liderança e de trabalho em equipe
“Estamos vivos, todos os 33, no abrigo.” Essas palavras, escritas em um pequeno pedaço de papel, provocaram euforia no Chile e devolveram a esperança aos familiares dos 33 mineiros soterrados há 17 dias na mina de cobre San José no coração do deserto do Atacama. Através das imagens enviadas à equipe de resgate no exterior, os mineiros, soterrados a 700 metros de profundidade em um pequeno abrigo de emergência, mostraram ter habilidades de organização e de liderança excepcionais que lhes tem assegurado a sobrevivência e que serão cruciais para a coordenação do seu resgate. Francisco Javier Garrido, professor chileno especializado em estratégia e liderança, analisa para o Universia Knowledge@Wharton a experiência dos 33 mineiros chilenos. Clique aqui.

Marketing: Lição de geografia: por que os varejistas de Internet devem estar atentos ao local onde vive sua clientela em potencial
Embora a Internet traga em seu bojo uma promessa fantástica para o varejo — a de atingir clientes que se acham distantes das áreas tradicionais de comércio —, uma nova pesquisa da Wharton mostra que dinâmicas próprias da velha economia, como a recomendação boca-a-boca de um vizinho para o outro, continuam a ter efeitos muito fortes sobre as vendas de Internet. Clique aqui.

Marketing: Las marcas globales se adaptan para conquistar China e India
No próximo dia 11 de junho ocorre um dos eventos de maior repercussão planetária: a Copa do Mundo organizada pela FIFA (Federação Internacional de Futebol) na África do Sul. Ao longo de um mês, 32 seleções de futebol representando seus respectivos países disputarão o título de melhor equipe do mundo. Contudo, as conotações desse evento vão além das glórias esportivas. O interesse mundial pelo acontecimento transformou o mundial de futebol em uma prova de fogo para as empresas patrocinadoras, principalmente as marcas esportivas, que investem pesadamente no evento e em seus participantes. Os princípios estratégicos e as apostas feitas pelas empresas dirão se elas foram bem-sucedidas comercialmente nessa Copa. Clique aqui.

Tecnologia
Libros didácticos electrónicos: ¿Los nuevos best-sellers?
Embora haja atualmente estudantes que usem notebooks ou netbooks para ler livros didáticos, alguns especialistas preveem que dentro de dez anos a maior parte dos estudantes americanos do ensino superior ? e muitos alunos do ensino fundamental e médio ? provavelmente recorrerão a um aparelho eletrônico, em vez de livros de papel, quando tiverem de ler algum material de estudo. Isso terá um grande impacto sobre alunos e professores, para não falar do negócio de livros didáticos, que hoje movimenta US$ 9,9 bilhões. 

Clique aqui.

Inovação e Empresa: Atreverse a cambiar: Cómo despertar al emprendedor que llevamos dentro
Em meio a um horizonte sombrio no que diz respeito ao emprego e à situação econômica de muitos países, a ideia de podermos mandar no nosso destino é muito tentadora. Mas como fazê-lo? Nem todos trazemos dentro de nós um empreendedor que nos impulsione a pôr em prática o negócio com que sempre sonhamos. De acordo com Pino Bethencourt, professora da Escola de Negócios IE e assessora de vários diretores, isso não deveria ser problema. Tudo é questão de treinamento. Em seu livro ?Tome as rédeas: você tem coragem de mudar??, Bethencourt ensina, respaldada em exercícios práticos e no testemunho de empreendedores consagrados, como enfrentar novos desafios e se reinventar apesar dos problemas da vida. Clique aqui.

Fonte: Newsletter de Universia-Knowledge@Wharton, 29 dezembro, 2010 – 11 janeiro, 2011.

Fundamentos de Marketing Para Quem Não é do Marketing – ESPM 2011

Aulas expositivas e exercícios feitos individualmente e em grupo são os componentes metodológicos do curso, que tem por objetivo proporcionar um instrumental para que o participante azeite a sua relação com o cliente, percebendo como são vistos os produtos e serviços que vende e gerando ao comprador um valor superior.

As aulas abordam, no fundo, os princípios de marketing e os modos de aplicá-los, para que profissionais de qualquer área entendam como funciona o marketing. No programa, temas como “Marketing como Gestão Estratégica”.

O professor-responsável é Alfredo Passos, o primeiro profissional da América Latina destacado pela Society of Competitive Intelligence Professionals, dos Estados Unidos, com o prêmio Scip Catalyst Award pela contribuição à área de Inteligência Competitiva no Brasil. Passos é autor do livro “E a Concorrência… não levou! – Inteligência Competitiva para gerar novos negócios empresariais”.

Ao final do curso, a ESPM concede certificado a quem tiver 75% de presença. Mais informações pelo telefone (0/xx/11) 5085-4600 ou pelo e-mail centralinfo@espm.br
Clique aqui, para ler o programa completo deste Curso de Férias ESPM.