Samarco prepara retomada

Rompimento de barragem no distrito de Bento Rodrigues, zona rural de Mariana, em Minas Gerais
Antonio Cruz/Agência Brasil

A mineradora Samarco está na iminência a retomar suas atividades em caráter comercial, depois de pouco mais de cinco anos sem produção. A empresa é responsável por uma das maiores tragédias ambientais recentes do país, quando sua barragem de rejeito de minério de ferro ruiu na cidade de Mariana, em Minas Gerais. Além do longo rastro de destruição, o desastre matou 19 pessoas.

“O reinício das operações está previsto para os próximos dias, quando se inicia o processo de produção de pelotas de minério de ferro, produto da empresa”, informou a empresa por meio de nota. A expectativa é que a reativação ocorra até o fim do ano.

Antes da tragédia, em novembro de 2015, a Samarco era uma das maiores produtoras mundiais de pelotas de minério de ferro, insumo usado pelas siderúrgicas.

No dia 11, a empresa pertencente à Vale e à BHP Billiton deu início a uma fase de testes dos equipamentos no Complexo de Germano, localizado em Mariana. A barragem de Fundão, que ruiu, ficava nesse complexo. Os testes também estão sendo realizados na unidade de Ubu, no município de Anchieta, Espírito Santo, onde ficam suas usinas de pelotização.

Após pouco mais de cinco anos, a empresa voltará à atividade sem que nenhum de seus funcionários de alto escalão tenha sofrido qualquer punição da Justiça pelo desastre.

Fonte: Valor, Marcos de Moura e Souza, 22/12/2020.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s