Sony vai fechar fábrica em Manaus em 2021 e deixará de vender eletrônicos no Brasil

Logo da Sony durante a CES de 2020 em Las Vegas, Estados Unidos – Steve Marcus – 8.jan.2020/Reuters

Sony Brasil anunciou na terça-feira (14) que irá fechar em março de 2021 a unidade de Manaus, e que não vai mais vender TVs, câmeras digitais e produtos de áudio em meados de 2021.

Segundo a nota, as demais operações do grupo, que envolvem games, soluções profissionais, música e cinema, continuam. O grupo também vai continuar com o suporte ao consumidor e irá manter a garantia dos produtos comercializados.

A empresa, que está há 48 anos no Brasil, afirma que a decisão se deve ao recente ambiente do mercado e visa fortalecer a estrutura e a sustentabilidade de seus negócios para ter uma resposta mais rápida às mudanças no ambiente externo.

“Nós decidimos fechar a fábrica em Manaus ao final de março de 2021 e interromper, em meados de 2021, as vendas de produtos de consumo pela Sony Brasil, tais como TV, áudio e câmeras, considerando o ambiente recente de mercado e a tendência esperada para os negócios”, diz a nota.

Nos últimos anos, o grupo japonês veio perdendo terreno para as coreanas, como Samsung e LG, por não conseguir adaptar seus produtos as tendências de mercado, principalmente voltados para conectividade, como aparelhos de som portátil com conexão via bluetooth e smart TVs. A empresa acabava se destacando no desenvolvimento de câmeras digitais e consoles de videogame.

“O mercado brasileiro é muito rico para o setor, e que tende a ‘premiumnização’, independentemente do recorte social” diz Fernando Baialuna, diretor da Gfk, empresa de estudos de mercado. A tendência, diz, é que as coreanas continuem crescendo de popularidade entre brasileiros e que o desenvolvimento siga em direção da conectividade.

O anúncio do fechamento da fábrica em Manaus acontece um dia antes do lançamento do novo modelo do PlayStation, um dos produtos mais vendidos da marca.

A empresa resolveu manter a venda dos consoles no Brasil. Segundo uma pesquisa realizada pela Gfk, dado as mudanças de comportamento causadas pela pandemia, a venda de consoles aumentou 57% entre os dias 20 de abril e 17 de agosto em relação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: Amanda Lemos, Folha de S.Paulo,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s