Encontro de Plataformas de Acesso Aberto na sessão intitulada “Acesso à Informação Científica – Estamos prontos para o Sul Global e os ODS?” no Fórum WSIS 2019

Nas Sociedades do Conhecimento Inclusivas, as pessoas têm acesso imediato aos recursos de informação e comunicação, em idiomas e formatos que lhes convêm e elas possuem as habilidades para interpretá-las e utilizá-las.

Neste contexto, a promoção do acesso à pesquisa científica (no sentido mais amplo) continua a ser um desafio central para a maioria dos Estados-Membros. A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), com seus parceiros, continua a buscar este objetivo por meio de seus programas sobre Ciência Aberta e Acesso Aberto, bem como em parceria com outros atores-chave.

Em uma sessão organizada pela Unesco em 8 de abril no Fórum WSIS 2019 em Genebra, os coordenadores de seis plataformas – AmeliCA, AJOL (African Journals Online), Érudit, J-STAGE (Japan Science and Technology Information Aggregator, Electronic), OpenEdition e a Rede SciELO acordaram em unir esforços para democratizar o conhecimento científico  seguindo uma abordagem multicultural, multitemática e multilíngue.

A Aliança Global de Plataformas de Comunicação Científica em Acesso Aberto(Global Alliance of Open Access Scholarly Communication Platforms – GLOALL) foi lançada com o reconhecimento do princípio de que o conhecimento científico e acadêmico é um bem público global essencial para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

A sessão abordou diretamente a linha de ação C3 da WSIS (World Summit on the Information Society) sobre Acesso à Informação e Conhecimento e a linha de ação C7 sobre e-Ciência.

Além de promover a democratização do conhecimento gerado em TODOS os lugares, temas e idiomas, a GLOALL transmite uma visão que promove o desenvolvimento de padrões, produtos e serviços de comunicação científica multilíngues. A aliança busca aprimorar a interoperabilidade operacional e subjetiva, a fim de fortalecer o envolvimento com a pesquisa em todo o mundo.

Abel Packer, do SciELO Brasil, compartilhou sua visão mais ampla da aliança como “um espaço informal onde convergimos para aprender mais do que ensinamos”. Ele imagina que a aliança teria três funções: “Primeiro, defender o Acesso Aberto. Segundo, de que forma poderíamos desenvolver metodologias, ferramentas, serviços e soluções para plataformas. Terceiro, desenvolver conjuntamente mecanismos, ferramentas e políticas para dar visibilidade à pesquisa.”

Links externos

African Journals Online (AJOL) <https://www.ajol.info/>

AmeliCA <http://www.amelica.org/>

Érudit <https://www.erudit.org/>

J-STAGE <https://www.jstage.jst.go.jp/>

OpenEdition <https://www.openedition.org/>

UNESCO <http://www.unesco.org/>

Fonte: Scielo. SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE. Lançamento da Aliança Global de Plataformas de Comunicação Científica em Acesso Aberto para democratizar o conhecimento [Publicado originalmente no site da UNESCO em abril/2019] [online]. SciELO em Perspectiva, 2019 [viewed 22 May 2019]. Available from: https://blog.scielo.org/blog/2019/04/23/lancamento-da-alianca-global-de-plataformas-de-comunicacao-cientifica-em-acesso-aberto-para-democratizar-o-conhecimento-publicado-originalmente-no-site-da-unesco-em-abril-2019/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s