Inteligência Competitiva: ‘Startup’ apoiada por Spielberg e estúdios de cinema leva experiências de realidade virtual a shoppings

Spielberg, que também investe na Virtual Reality, uma produtora de conteúdo de realidade virtual, não se comprometeu a produzir uma experiência de RV para a Dreamscape.

Spielberg, que também investe na Virtual Reality, uma produtora de conteúdo de realidade virtual, não se comprometeu a produzir uma experiência de RV para a Dreamscape. PHOTO: IAN WEST/ZUMA PRESS

Um novo empreendimento apoiado por três estúdios e pelo diretor de cinema Steven Spielberg levantou US$ 11 milhões e agora se prepara para abrir sua primeira loja de RV em um shopping de Los Angeles no terceiro trimestre, com planos para um lançamento mais amplo no próximo ano.

A Dreamscape Immersive vai oferecer experiências originais de RV e outras ligadas a grandes franquias cinematográficas, diz seu vice-presidente Walter Parkes, um ex-diretor e produtor veterano de filmes do estúdio DreamWorks.

A tecnologia da empresa, desenvolvida pela firma suíça Artanim, permite que várias pessoas interajam em um único ambiente de realidade virtual. Ela usa 16 câmeras e sensores nas mãos e pés de até seis usuários, tornando-a mais avançada que os sistemas domésticos atualmente oferecidos por empresas como a Sony Corp.e Oculus, do Facebook .

“Estúdios e centros comerciais têm o mesmo desafio, criar experiências que atraiam as pessoas”, disse Parkes em entrevista ao The Wall Street Journal. “É nessa sobreposição que vemos uma oportunidade.”

Entre os investidores da Dreamscape está um trio de empresas de mídia de grande porte — a Warner Bros, a 21st Century Fox e a Metro-Goldwyn-Mayer Inc. —, além da rede de cinemas de exibição digital em telas gigantes IMAX Corp. , a empresa de capital de risco Bold Capital Partners e a gigante de shopping centers WestfieldCorp.

A Dreamscape já começou a arrecadar dinheiro adicional numa segunda rodada de captação para financiar uma expansão para além de Los Angeles, disse o diretor de operações Aaron Grosky.

O lançamento da Dreamscape ocorre num momento em que a IMAX acaba de inaugurar sua primeira experiência de RV para clientes em Los Angeles, com planos de expansão. O que a IMAX oferece se parece mais com as experiências que o consumidor pode obter com sistemas domésticos, mas mesmo assim tem a capacidade de concorrer com a Dreamscape.

“É sensato diversificar nossas apostas porque haverá muitos vencedores nessa área”, diz o diretor-presidente da IMAX, Richard Gelfond.

Os estúdios criaram relativamente pouco conteúdo de RV por conta própria, optando por investir em empresas externas. A Walt DisneyCo. está investindo na “startup” VR Jaunt Inc. e a Warner investiu na empresa de realidade aumentada Magic Leap Inc.

O diretor-presidente da Dreamscape é Bruce Vaughn, que trabalhou na Walt Disney por 23 anos, mais recentemente como diretor de criação do grupo Imagineering, que cria atrações para parques temáticos.

“A semelhança é que estamos criando experiências compartilhadas e transportando as pessoas para mundos que de outra forma só existem na imaginação delas”, diz Vaughn, comparando a experiência da realidade virtual com o cinema tradicional. “A diferença é que não estamos construindo paredes com tijolo e argamassa sobre as quais não podemos mudar de ideia.”

As experiências da Dreamscape VR devem durar cerca de 10 minutos cada e custar um pouco mais de US$ 1 milhão para serem produzidas. Os ingressos custarão entre US$ 15 e US$ 20.

Parkes disse que a empresa pode trabalhar com diretores de Hollywood para criar experiências originais, enquanto outras poderiam ser ligadas ao lançamento de um filme ou algo entre um filme e outro de uma mesma franquia para mantê-la viva na mente do público.

Spielberg, que também investe na Virtual Reality Co., uma produtora de conteúdo de RV, não se comprometeu a produzir uma experiência de RV para a Dreamscape, segundo Parkes.

As lojas da startup conterão várias cápsulas, onde as pessoas poderão ter uma experiência RV e interagir com outros usuários e objetos físicos. Em algum momento no futuro próximo, a Dreamscape espera se expandir para setores adjacentes onde pode usar a realidade virtual, como treinamento militar e médico, comunicações e turismo, disse Parkes.

Fonte: Ben Fritz, 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s