Inteligência Competitiva – Mercado – FIESP/CNI: Volume de produção industrial tem forte queda em abril

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou o resultado da Sondagem Industrial Nacional referente ao mês de abril. O índice relativo a produção voltou a registrar contração (abaixo da linha dos 50,0 pontos), após ter apresentado bom resultado em março, passando de 54,8 pontos para 41,6 pontos. O relatório ainda afirma que a queda na produção na passagem de março para abril é comum (sazonal), no entanto, neste ano foi mais intensa que o habitual, influenciada também pelos sucessivos feriados no quarto mês do ano.

A FIESP/CNI também divulgou a Sondagem Industrial do Estado de São Paulo. A produção industrial paulista atingiu 42,7 pontos no mês de abril, resultado que ficou muito abaixo do registrado em março (56,7 pontos). Com relação a evolução do número de empregados, o índice apresentou ligeira queda em seu ritmo de cortes ao variar de 47,2 para 47,5 pontos (lembrando a linha de expansão começa a partir dos 50,0 pontos).

No que diz respeito as expectativas para os próximos seis meses, três dos cinco quesitos registraram expansão. A expectativa quanto a Demanda teve ligeira queda, de 54,8 para 54,7 pontos (em patamar de expansão), enquanto as compras de Matérias-Primas caíram de 52,8 para 52,6 pontos. O número de empregados variou de 49,3 para 49,2 pontos. Por sua vez, a Quantidade Exportada passou de 51,1 pontos em março para 52,3 pontos em abril. Por fim os Investimentos registraram queda ao variar de 46,5 para 45,5 pontos.

 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) referente ao mês de maio. De acordo com a publicação, já livre de influências sazonais, o índice registrou queda de 0,6% na comparação com abril, passando de 89,1 para 88,6 pontos. Esse resultado negativo põe fim a uma sequência de cinco resultados positivos, um período que proporcionou uma alta ao ICOM de 11,1 pontos.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) referente ao mês de maio. De acordo com a publicação, já livre de influências sazonais, o índice registrou queda de 0,6% na comparação com abril, passando de 89,1 para 88,6 pontos. Esse resultado negativo põe fim a uma sequência de cinco resultados positivos, um período que proporcionou uma alta ao ICOM de 11,1 pontos.

O boletim afirma que dos 13 segmentos que fazem parte da pesquisa do ICOM deste mês, seis registraram queda. O Índice de Expectativas (IE-COM) mostrou queda de 1,0%, variando de 95,8 para 94,8 pontos. Já o Índice de Situação Atual (ISA-COM) ficou estável (0,0%) no patamar de 82,9 pontos.

Dados da Economia Brasileira

Fonte: Macro Visão é uma publicação da:
Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e do
Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP)
Av. Paulista, 1313 – 5º andar – Cep 01311-923 – Tel.: 11 3549-4316
Diretor Titular do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos: Paulo Francini

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s