Haja valor agregado: Como vender uma garrafa de água por US$ 100

(Foto: Divulgação)

O que levaria um consumidor a pagar US$ 100 por uma garrafa de água? Muito simples: bastaria que o líquido – nesse caso, luxuoso – fosse extraído de icebergs do Oceano Ártico, em uma região remota da Noruega. Pois foi justamente esse o preço cobrado pela Harrods, a famosa loja de departamentos de Londres, por 750 ml da Svalbarði Polar Iceberg Water (essa letra esquisita do nome é o “edh”, usado em dialetos noruegueses). Note-se que o produto, ainda por cima, vem “engarrafado” em uma história de amor. O empresário Jamal Qureshi afirma que iniciou a produção após coletar um pouco do “néctar” no território de Svalbard, em 2013, como um presente para a esposa. Emoções à parte, Qureshi hoje retira lotes de 15 toneladas de gelo em viagens a icebergs em Kongsfjorden, a mil quilômetros do Polo Norte. Faz tudo com permissão do governo de Svalbard. Cada viagem resulta na produção de 13 mil garrafas. A companhia garante que o processo é sustentável. Alega que, se não retirasse o líquido, ele teria como destino o mar e não as refinadas mesas mundo afora. Eis aí uma boa história, em uma bela garrafa, para se vender.

Fonte: Época NEGÓCIOS, março 2017

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s