Inteligência Competitiva Tecnológica e a Inovação

O fato de que o volume de inovações aumenta dia-a-dia, para as empresas que sustentam suas estratégias competitivas em domínio tecnológico é atestado por inúmeros especialistas e estudiosos da área de inovação como Schumpeter (1927), Drucker, (1998), Roussel (1991), Christensen (2007), implica as empresas precisarem buscar fora de suas paredes, ou desenvolver internamente, as inovações de que necessitem.

Desenvolver inovação internamente, porém, tem seus gravames. Do lado das empresas, aponta Chesbrough (2008), faltam mecanismos, processos, modelos internos de gestão e de coordenação de fluxos de inovação e da pesquisa e desenvolvimento. Isso tem reflexos sérios sobre prazos, entregas e custos da pesquisa.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s