Um livro para quem pensa sua formação em Inteligência Competitiva: “Tesarac” – O Livro da Inteligência Competitiva

capa_227399

Para aqueles profissionais que estão buscando se desenvolver em Inteligência Competitiva ou estudantes que pretendem desenvolver monografias, artigos ou teses sobre esse assunto, Tesarac – O Livro da Inteligência Competitiva, será muito útil pois reúne dois estudos científicos dos dois autores dos últimos cinco anos sobre o estado da arte em IC.

teresaferreira

Teresa Ferreira, nasceu em São Miguel, é licenciada em Filosofia pela Universidade dos Açores. Fez pós-graduação em Ciências Económicas e Empresariais com especialização em Marketing. Foi a primeira mulher nos Açores a defender o Grau de Mestre na área da Inteligência Competitiva. Coordena a primeira unidade formal em contexto empresarial de Inteligência Competitiva nos Açores. Foi a mentora da Rede Prestige Azores, que coordena atualmente e, é Administradora Delegada do Nonagon — Parque de Ciência e Tecnologia de S. Miguel.

Nos últimos anos tem-se dedicado ao aprofundamento das dinâmicas associadas aos Parques de Ciência e Tecnologia nacionais e internacionais; das temáticas do desenvolvimento sustentado, da eficiência organizacional, dos índices comparativos de empreendedorismo em termos das regiões e cidades do mundo, e da Inteligência Competitiva nas suas diversas áreas, com destaque para a sua dimensão empresarial e institucional.

Entre os destaques de sua pesquisa estão as duas abordagens teóricas associadas ao desenvolvimento do conceito de IC: a abordagem Anglo-saxónica e a abordagem Francesa, além da abordagem americana, SCIP.

Alfredo Passos, É o primeiro profissional da América Latina a ser honrado com o SCIP Catalyst Award da Strategic and Competitive Intelligence Professionals, USA, pela contribuição e pesquisa sobre Inteligência Competitiva no Brasil.

Sumário

Capítulo 1 — Introdução

Capítulo 2 — Os principais autores

2.1.     Contextualização Geral

2.1.1.  Sociedade da Informação

2.1.2.  Sociedade do Conhecimento

2.1.3.  Dados, Informação, Conhecimento

2.2.     A Origem das Ações de Inteligência

2.3.     A Inteligência Competitiva no Mundo

2.3.1.  Inteligência Competitiva em Portugal

2.4.     Abordagens Anglo-saxónica e Francesa da Inteligência Competitiva

2.5.     Inteligência Competitiva

2.5.1.  Etimologia da Palavra Inteligência

2.5.2 A Inteligência Competitiva

2.5.3.  Diferentes Definições de Inteligência Competitiva

2.6.     A Importância da Inteligência Competitiva para a Organização

2.6.1.  A Estratégia do Oceano Azul

2.7.     O Ciclo de Inteligência Competitiva

2.7.1.  Identificação de Necessidades

2.7.2.  A Fase do Planeamento

2.7.3.  A Fase da Recolha de Informação

2.7.4.  A Fase da Análise

2.7.5.  A Fase de Disseminação

2.7.6.  A Fase da Avaliação

Capítulo 3 — Processo de Pesquisa

3.1.     Modelo Concetual e Hipóteses

3.2.     Recolha de Dados

3.2.1.  Questionário

Capítulo 4 — Tratamento de Dados e Resultados

Capítulo 5 — Conclusões e Implicações

Referências Bibliográficas

Parte II

Capitulo 6 — Inteligência Competitiva Tecnológica

Capítulo 7 — Resultados e Proposta de Um Modelo

Capítulo 8 – Conclusões

Referências Bibliográficas

Para maiores informações e compra deste livro em edição digital:

Saraiva: clique aqui

Google Play: clique aqui
Amazon: clique aqui
Feltrineli (Itália): clique aqui
Wook (Portugal): clique aqui
Kobo (Cultura): clique aqui
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: