Inteligência Competitiva Tecnológica e Fontes de Informações

No processo de identificação e acesso à informação tecnológica as fontes cognitivas de tecnologias externas à organização são de especial importância.

Em alguns casos, a fonte é apenas repassadora da informação tecnológica, como no caso de investidores de capital.

Em outros, a fonte é originária ou detentora das informações tecnológicas, como no caso das universidades e centros de pesquisa.

As fontes de informação variam em diversidade e funcionalidade, em relação aos objetivos da inovação aberta. Clientes, concorrentes, associações, ex-funcionários, fornecedores, investidores, especialistas técnicos são casos de fontes cognitivas humanas.  Bases de dados, bancos de patentes, registros empresariais são fontes cognitivas de informação passivas.

Operacionalmente, em alguns desses casos, a informação é buscada ativamente; em outros, a informação é encontrada acidentalmente (PRESCOTT & MILLER, 2002).

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: