Pai classe D filho classe C*

Se levarmos em consideração que 68% dos jovens de classe C estudaram mais que os seus pais em contraposição aos jovens da classe A, onde este número é de apenas 10%, podemos enxergar um dos fortes motivos do crescimento da nova classe média brasileira e a evolução constante na base da pirâmide.

Já não é novidade que as mudanças econômicas que ocorreram desde a implantação do plano real, contribuíram para mudar o perfil da população e criar um novo oásis de consumo, oriundo do antigo nicho de mercado, que com a conquista de empregos formais e acesso ao crédito, transformou-se na classe sustentáculo do Brasil, a classe C, que movimenta R$ 881,2 bilhões.

Entretanto, não podemos descartar a grande importância do avanço educacional para o emergente, que serviu como alavanca, para que o jovem conseguisse melhores oportunidades no mercado de trabalho, e com isso, impulsionasse a ascensão da renda familiar, o que também ocasionou sua transformação como formador de opinião dentro de casa.

Sua contribuição na renda da família, contribuiu para que esta família embarcasse na trajetória de migração da classe D para classe C. Se as profissões paternas predominantes eram constituídas por trabalhadores braçais: domésticos e pedreiros, as profissões dos descendentes, na sua maioria, estão centrados na área de vendas, que exige um aprendizado maior, conquistado com o ingresso deste jovem nas universidades.

Os jovens mais bem preparados são o retrato da evolução das classes emergentes, que estão num processo de mudança crescente, e com isto, se tornam cada vez mais aptos para influenciar a sociedade aonde vivem, pois com visão crítica e maior discernimento, terão poder de sobra para influenciar cada vez mais na política nacional, e consequentemente, no futuro do país.

Portanto, enxergar o jovem emergente e o seu papel transformador é sinônimo de prosperidade para as empresas de hoje se tornarem as grandes empresas de amanhã. O futuro começa com C maiúsculo.

*Renato Meirelles, sócio-diretor Datapopular

Fonte: Meio&Mensagem/Portal ABEP

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s