GM do Brasil apresenta nova campanha do Vectra Elite 2.0 que estréia no próximo domingo (04/05) tendo como estrela Pierce Brosnan, o James Bond, consagrado Agente 007

“Vectra Elite 2.0. Para quem quer tudo, um carro único”. Este é o conceito da nova campanha da marca Chevrolet, da General Motors do Brasil, para o modelo Vectra Elite 2.0, lançado no início deste ano no mercado brasileiro. A nova campanha tem a participação de Pierce Brosnan que, dentre vários papéis interpretados nas telas do cinema mundial, já atuou como o consagrado agente secreto James Bond 007. A campanha da Chevrolet estréia no próximo domingo (04/05/2008) em todo o País.

A nova campanha reforça que o Chevrolet Vectra é o automóvel mais completo na categoria dos sedãs médios no País. Para estrelar esta campanha, o escolhido foi também um ator completo, exigente e sofisticado, como Pierce Brosnan. O comercial será veiculado em todo o Brasil em duas versões de filmes com durações de 30 e 45 segundos.

Brosnan esteve três dias no Brasil para filmar o comercial “Festa” e fotografar para os anúncios.

O filme começa com Pierce Brosnan saindo de um Vectra, ao chegar a uma festa. O manobrista, que é também interpretado pelo próprio ator, recebe as chaves com um sorriso. Pierce Brosnan entra na festa e cumprimenta o anfitrião, que é ele mesmo.

A câmera começa a passear na festa e revela que todos os homens do evento são o ator Pierce Brosnan: o roqueiro, o garçom, os gêmeos e o pianista. Em determinado instante ele se encontra com uma bela morena. Com ela se dirige para a saída da festa e, enquanto espera o seu Vectra, surgem todos os outros “Pierce Brosnan” ao seu lado, perfilados. Ele entra no carro com a morena e sai dirigindo o Vectra Elite 2.0.

Aí entra a seguinte locução:

UM ATOR SÓ É COMPLETO SE ELE PUDER SER MUITOS.

AGORA PARA UM CARRO SER COMPLETO ELE SÓ PODE SER UM.

NOVO VECTRA ELITE 2.0. PARA QUEM QUER TUDO, UM CARRO ÚNICO.

O anúncio final para a mídia impressa

Produção cinematográfica

A produção do filme “Festa” contou com uma equipe de aproximadamente 200 pessoas, entre equipe técnica e elenco. Antes de o ator chegar ao set de filmagem, o filme já havia sido exaustivamente ensaiado com câmeras robotizadas, para que o tempo do ator fosse aproveitado ao máximo. Pierce Brosnan se envolveu desde o primeiro momento nos ensaios, discutindo as características de cada um de seus personagens e ajudando em sua construção. O resultado pode ser visto no filme em que ele interpreta vários personagens bem distintos daquele que o público está acostumado, o James Bond.

A direção de arte do filme foi pensada nos mínimos detalhes. As linhas arredondadas, um pouco de brilho, figurinos com cores baixas e básicas escolhidas por ele trouxeram sofisticação e charme.

Ao término das filmagens, cujas locações foram na OCA e no Memorial da América Latina, Pierce Brosnan gravou um depoimento para o making of realizado durante as filmagens: “Olá Brasil. Tive uma maravilhosa temporada na companhia de vocês, experimentando sua comida e observando suas lindas mulheres” e encerrou com “Para todos vocês, saúde”.

Durante sua estada em São Paulo o ator ficou hospedado em um hotel nos Jardins, por onde circulou bastante. Pierce demonstrou muito interesse pela cultura local, incluindo gastronomia e arte. Visitou diversos restaurantes como o Barbacoa, Bar Brahma, Figueira Rubaiyat, D.O.M. e Piselli. O cafezinho não ficou de lado e o lugar eleito foi o Santo Grão, em frente ao seu hotel. Os passeios culturais incluiram a Pinacoteca do Estado, Catedral da Sé, Praça Benedito Calixto e Galeria Luisa Strina.

Os anúncios, que valorizam o carro em todos os seus detalhes, foram fotografados por Fernando Zuffo, que ensaiou durante dois dias. Contando com a colaboração e o profissionalismo do ator, elas foram realizadas em tempo recorde de 3 h 30 min.

O hotsite (link no final deste post) apresentará o carro em detalhes, mostrando porque ele é completo. O site foi produzido usando uma tecnologia chamada Paper Vision, que permite a visualização de fotos como se fossem elementos 3D. É uma tecnologia ainda recente no mercado brasileiro, demonstrando que a Chevrolet está preocupada em investir em avançada tecnologia até em sua comunicação. Além da apresentação do carro, o site traz a campanha e o making of do comercial.

Essa campanha foi desenvolvida em duas fases. Na primeira, o filme “Múltiplos” destacou todas as características do Vectra Elite 2.0, mostrando como o carro é completo: teto solar com acionamento automático, sensor de chuva, airbags frontais e laterais, navegador GPS, motor FlexPower e transmissão automática, além de vários outros itens de conforto e segurança.

Para Samuel Russell, diretor de Marketing da marca Chevrolet, a estratégia da nova campanha é relacionar a sofisticação e o perfil de uma celebridade do porte de Pierce Brosnan com o Chevrolet Vectra que, para o público brasileiro, também é considerado um símbolo de luxo e sofisticação.

“A escolha de Pierce Brosnan não foi por acaso. Além de sua trajetória como James Bond, seu personagem mais marcante para o nosso público, Pierce tem se projetado ao longo de toda sua carreira como um profissional realmente completo, atuando tanto em televisão como em cinema, inclusive como produtor, e sempre com muita classe e elegância nata, assim como o Vectra”, destaca Samuel Russell.

Para Adriana Cury, presidente da McCann Erickson, “trazer o Pierce Brosnan foi um desafio. Desde os trâmites de sua contratação até os cuidados necessários para a vinda de uma celebridade deste calibre. Montamos uma estrutura muito profissional, que procurou cobrir todos os detalhes de um projeto dessa magnitude. O resultado foi extremamente satisfatório e atendeu a todas as nossas expectativas. Ele foi perfeito para protagonizar a campanha”.

A General Motors Corporation (NYSE: GM)

Maior fabricante de veículos do mundo e tem sido a líder mundial de vendas anuais da indústria há 77 anos consecutivos. Fundada em 1908, a GM emprega atualmente 266.000 funcionários ao redor do mundo. Com sua sede principal em Detroit, a GM manufatura seus carros e veículos comerciais em 35 países. Em 2007, os consumidores compraram globalmente cerca de 9,37 milhões de carros e comerciais GM, comercializados com as marcas Buick, Cadillac, Chevrolet, GMC, GM Daewoo, Holden, Hummer, Opel, Pontiac, Saab, Saturn, Vauxhall e Wuling. A subsidiária da GM OnStar é a líder da indústria em segurança veicular, proteção e serviços de informação. Mais informações a respeito da GM podem ser encontradas no site, clique aqui.

Fonte: GM do Brasil, Divulgação Foto GM do Brasil: Fabio Gonzalez

Bom dia, bom trabalho.

Agora passe os olhos pela campanha e pelo making of do comercial, clique aqui.

Ficha técnica da campanha publicitária do Vectra Elite 2.0

Campanha: Vectra Elite 2.0 Produto: Vectra Elite 2.0

Cliente: Chevrolet

Agência: McCann Erickson

Diretor de Criação: Adriana Cury, Eric Sulzer, Paulo Sanna, Fernando Penteado e Fabio Matiazzi

Redator: Fernanda Machado e Marcelo Rosa

Diretor de Arte: Carlos Bertuol, Diego Silva, Alexandre Costa e André Candeloro

Atendimento: Alexandre Filizola e Simone Lopes

Aprovação pelo Cliente: Samuel Russell, Ricardo Ferraroni e Hermann Manhke

Planejamento: Aloísio Pinto

RTV: Paula Moraes

Produção gráfica: Magda Mendonça

Mídia: Thatiana Rodrigues

Aprovação de mídia – cliente: Cristina Ponte e Cristina Yoshihara

Filme

Título: Festa

Produtora do Filme: O2 Filmes

Direção: Luciano Moura

Assistente de Direção: Daniel Lieff

Direção de Fotografia: Marcelo Durst

Direção de Arte: Billy Castilho

Direção de Produção: Mario Marioto, Andreza de Faria

Atendimento Produtora: Rejane Bicca, Renata Martins

Produção Executiva: Carlos Betti, Rafael Fortes

Montagem: Lucas Gonzaga

Pós-Produção/ Finalização: O2 Filmes

Coordenação de Finalização: Tamis Lustre

Finalizador: Carlo Vecchi

Produtora de Som: Menina

Anúncios

Fotografia: Fernando Zuffo

Direção de Produção Gráfica: Magda Mendonça

Produção Gráfica: Jorge Gaglioni

Art Buyer: Ricardo Lívio

Gráfica: Burti

Internet

Programador: André Vendramini

Gerente de Projetos: Henrique Salvadori

Equipe Mr. Brosnan:

Make up: Bron Scott Roylance

Hair: Rick Provenzano

Observações: As imagens do Pierce Brosnan, bem como o comercial “Festa”, só poderão ser veiculados em sites com IP do Brasil.

Pesquisa aborda empreendedorismo com executivos

Pesquisa realizada ontem à noite pela Claro, durante o 1º Seminário de Empreendedorismo do JLIDE – Grupo de Jovens Líderes Empresariais, aponta que executivos valorizam formação acadêmica e preferem administrar seu próprio negócio. A enquete foi realizada com 111 empresários que participaram do evento, utilizando a tecnologia 3G.

Do total de entrevistados, 67 executivos tinham menos de 40 anos, e para 90% a formação acadêmica foi essencial para o desenvolvimento profissional. 58% preferem administrar seu próprio negócio, enquanto que 42% optam por ser um executivo de carreira. O terceiro item da pesquisa mostrou que 46% dos entrevistados administram seu próprio negócio.

Para 77% dos 44 executivos com mais de 40 anos, a formação acadêmica foi importante para o seu desenvolvimento profissional, 55% preferem administrar seu próprio negócio e esse mesmo percentual também já administra sua empresa.

Fonte: CDN

Bom dia e bom trabalho.

COOP: Da TV Corporativa à transmissão via Internet

A TV COOP comemora 3 anos de vida e traz como novidade sua veiculação, no final do mês de maio, também por meio do site www.coop-sp.com.br

De 2005 a 2008, a TV COOP foi um projeto de tv corporativa pioneiro no segmento de varejo nacional e passou por um processo constante de modernização em sua grade de programação.

Nos últimos 12 meses, o número de anunciantes cresceu 30%. Nas 25 unidades da Coop, estão espalhados mais de 200 monitores, posicionados nos pontos de atendimento onde há formação de filas, como check-outs, padaria, açougue e drogaria, entre outros.

“A TV pode ser vista 24 horas por dia e hoje, com conteúdo criteriosamente trabalhado visando oferecer entretenimento e informação. Durante todo período de permanência na loja, o cooperado assistirá às notícias do dia, informações sobre cooperativismo, além de dicas de saúde, lazer, beleza, qualidade de vida, e serviços de utilidade pública como doação de órgãos, de sangue, aleitamento materno, entre outros assuntos de interesse do público. Outro diferencial deste projeto é que a programação também é elaborada de acordo com as características regionais e específicas de cada unidade de distribuição”, explica Cristiane Donini, coordenadora de operação da TV COOP.

Para o gerente de marketing da Coop, Celso Furtado, esta mídia traz uma série de benefícios a todos os envolvidos. “O cooperado recebe informação e entretenimento durante o período em que está na loja e a Coop tem um canal direto de comunicação com seu público, transmitindo informações em curto espaço de tempo para um grande contingente de pessoas. Além disso, o anunciante tem na TV COOP um apoio fundamental às demais ações desenvolvidas no ponto-de-venda, possibilitando, por meio de ações integradas, potencializar incremento às suas vendas dentro da cooperativa”, explica Furtado.

A tecnologia da RDS Multimídia, empregada na TV COOP é o Sistema Multicasting via Satélite que permite à Coop ter conteúdos individualizados em todas as suas unidades, de acordo com as necessidades de cada uma.

Sobre a Coop

Criada em 1954 por 292 funcionários da Rhodia, a Coop comemora neste ano 54 anos de fundação e possui atualmente mais de 1,4 milhão cooperados.

Considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, a Coop possui 25 unidades de distribuição em operação sendo 24 no modelo tradicional: 17 no ABC Paulista, duas em São José dos Campos, duas em Sorocaba, uma em Tatuí, uma em Piracicaba e uma em São Vicente, e uma Zapt Coop em Santo André, no formato loja de proximidade.

A Coop ocupa o 11º lugar no ranking da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) e fechou o ano de 2007 com fornecimento (faturamento) bruto de R$ 1.102,9 bilhão, representando em valores nominais uma variação positiva de 6,14% em relação a 2006, que teve fornecimento bruto de R$ 1.039,1 bilhão.

Bom dia e bom trabalho.

Aulas pelo Second Life

Recentemente, o Professor Miklos Sarvary fez a abertura do MBA do Insead, através de um campus no Seconce Life, onde discorreu sobre a evolução da mídia moderna para um grupo de alunos convidados por email, segundo a Harvard Business Review, de fevereiro de 2008.

A experiência agora aconteceu em São Paulo. O Instituto da Psicanálise Lacaniana (IPLA) em parceria com o Centro Cultural Bradesco realizou pela primeira vez um curso sobre psicanálise pela internet, totalmente interativo.

Utilizando-se da mais alta tecnologia, os parceiros colocaram no ar, por meio de um ambiente de Second Life, o programa introdutório de psicanálise lacaniana que acontecia fisicamente à rua Augusta, 2366, sede do IPLA, em São Paulo.

Por meio do Second Life, os cerca de 200 avatares presentes à palestra “O que é a psicanálise de Jacques Lacan” puderam participar ativamente, outras 100 pessoas assistiam ao curso na sede do IPLA.

Bom dia e bom trabalho.

Moto Honda encerra primeiro trimestre de 2008 com recorde de vendas

A Moto Honda da Amazônia bateu recorde de vendas após o encerramento do primeiro trimestre de 2008. Segundo os dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), a empresa atingiu 406.010 unidades comercializadas, ante 328.411 no mesmo período do ano passado. Com isso, a marca cresceu 23,6%.

Parte desse excelente desempenho está ligado a atual líder do segmento nacional: a CG 150 Titan, que ultrapassou a marca das 100 mil unidades vendidas nesses três primeiros meses – 126.619. Em 2007, o modelo havia atingido o número de 104.700. Ou seja, um crescimento de 20,9%.

Já a CG 125 Fan, lançada há três anos para ampliar a base de mercado, obteve o melhor índice, mantendo a segunda posição na categoria. O modelo teve um acréscimo de 71,7% em relação a 2007. Enquanto no mesmo período do ano passado comercializou 70.761 motocicletas, em 2008, foram 121.542 unidades.

Outro destaque foi a Biz 125. A representante da categoria Familiy fechou o trimestre com 57.076 unidades vendidas ante 53.959 registradas no ano passado.

Considerada uma das excelentes opções no segmento on-off, a NXR 150 Bros mostrou um crescimento de 14,1% comparado com o três primeiros meses de 2007. O modelo já vendeu 30.962 unidades em 2008.

Destinada ao público que busca uma motocicleta de média cilindrada, com autonomia em viagens, a NX4 Falcon teve um aumento significativo: 53,6%, onde foram comercializadas 5.059 unidades neste ano.

Já na faixa de 250 cm3, tanto a CBX 250 Twister quanto a XR 250 Tornado tiveram um crescimento em suas vendas de 11,5% e 19,6%, respectivamente.

Modelos importados em ascensão

No acumulado entre janeiro e março de 2008, a Honda cresceu 340% no segmento de importadas. Destaque para os modelos mais desejados pelos admiradores das pistas de competições, CBR 600RR e CBR 1000RR Fireblade.

Os números também refletem a ampliação do line-up da marca com a CB 1300 Super Four, XL 1000V Varadero e GL 1800 Gold Wing com airbag.

Produção em alta

Os resultados expressivos da Honda ainda continuam. A marca teve um crescimento de 19,8% com relação a sua produção comparado com 2007. Foram 429.570 motocicletas produzidas entre os meses de janeiro, fevereiro e março.

Bom dia e bom trabalho.

Derrubando mitos e o Efeito Aura por Phil Rosenzweig

Quando você compra um carro usado, pode sentir vontade de acreditar no que o vendedor diz: “um carro tão bom por um preço tão baixo!”.

Além disso, não acreditar nele dá trabalho. Você precisa entender um pouco de carros, e é desagradável enfrentar o vendedor. Mesmo assim, você sabe que o vendedor tem motivos para “enfeitar” a verdade.

Então você chuta os pneus, experimenta o carro num test-drive, faz perguntas probatórias. Pode até trazer um amigo que entenda de mecânica. Essa experiência toda está longe de ser divertida mas, se você não exercer um mínimo de ceticismo, há um preço que pagará mais tarde.

O carro pode dar problemas. Então você se arrependerá de não ter investido um pouquinho de ceticismo no início do processo.

Esse raciocínio foi descrito pelo astrônomo americano Carl Sagan (1934-1996), no livro O Mundo Assombrado pelos Demônios. O mundo dos negócios está repleto de vendedores de carros usados.

Curiosamente, homens que se orgulham de sua racionalidade e seu sangue-frio para tomar decisões costumam comprar esses carros de olhos fechados. Pior, dirigem-nos em alta velocidade, em estradas mal sinalizadas.

Claro, estamos falando em linguagem figurada. Os carros usados de Sagan, no mundo das empresas, são as teses de como alcançar o sucesso. Os vendedores, há de todos os tipos: consultores, mágicos, acadêmicos, psicólogos.

Phil Rosenzweig, um professor de estratégia e gestão internacional da escola de negócios IMD, na Suíça, se propõe a ser aquele amigo que entende de carros.

Neste livro, ele revela os principais truques que grandes gurus, jornalistas e até respeitadas instituições utilizam — na maioria das vezes, sem ter consciência disso — para vender suas idéias. Eleito um dos melhores livros de negócios do ano passado pelo Financial Times, Wall Street Journal e pelo Boston Globe, Derrubando Mitos não fornece uma estratégia segura para alcançar o sucesso. Mas vai ajudá-lo a evitar grande desastres no caminho.

O efeito aura por Phil Rosenzweig

Durante a Primeira Guerra Mundial, o psicólogo americano Edward Thorndike conduziu um estudo a respeito da maneira como os superiores tratavam seus subordinados.

Pediu a oficiais do exército que classificassem seus soldados segundo diferentes características: inteligência, físico, liderança, caráter, e assim por diante. Thorndike ficou impressionado com os resultados. Alguns homens, considerados “soldados superiores”, obtinham notas elevadas em praticamente todos os quesitos.

Os demais eram considerados abaixo da média. Era como se os oficiais imaginassem que um soldado de boa aparência e postura deveria também ser capaz de atirar direito, engraxar bem as botas e tocar gaita.

Thorndike batizou isso de “Efeito Aura”. Existem alguns tipos de Efeito Aura. Um refere-se ao que o psicólogo observou: uma tendência a fazer inferências sobre traços específicos com base em uma impressão geral. É difícil para a maioria das pessoas avaliar características distintas; prevalece a tendência de combiná-las. O Efeito Aura é um jeito de a mente criar e manter um quadro coerente e consistente, para reduzir a dissonância cognitiva.

Mas o Efeito Aura não é apenas um meio de reduzir a dissonância cognitiva. É também uma espécie de regra prática de que as pessoas se valem para fazer suposições sobre fatos difíceis de ser acessados diretamente.

Tendemos a acreditar em informações que são relevantes, tangíveis e parecem ser objetivas, e então conjecturamos outras características mais vagas ou ambíguas.

Por exemplo, podemos não saber se um novo produto é bom, mas se ele procede de uma empresa conhecida, com excelente reputação, inferimos que deve ser de boa qualidade. É isso o que representa a construção de uma marca: criar auras para que os consumidores tenham maiores probabilidades de pensar favoravelmente a respeito de um produto ou serviço.

Considere as empresas. Qual a informação mais relevante e tangível que freqüentemente obtemos sobre uma companhia? Desempenho financeiro, claro. Se a empresa é lucrativa, se as vendas estão crescendo, se o preço de suas ações está subindo, o desempenho financeiro parece ser acurado e objetivo.

Gostamos de afirmar que os números não mentem. É por isso que Enron, Tyco e um punhado de outros escândalos recentes abalam tão profundamente nossa confiança. Acreditamos rotineiramente nas cifras de desempenho financeiro. E é natural que, com base nesses dados, as pessoas façam ilações sobre outros aspectos menos tangíveis e objetivos.

Veja o caso da americana Cisco. Enquanto ela estava crescendo de modo lucrativo, estabelecendo preços recordes para suas ações, executivos, jornalistas e acadêmicos inferiram que ela tinha uma habilidade maravilhosa para ouvir os clientes, uma cultura corporativa coesa e uma estratégia brilhante. Quando a bolha estourou, os observadores foram rápidos em tirar uma conclusão oposta. Tudo aquilo fazia sentido, a história era coerente…

Fonte: Revista Época Negócios. Clique aqui para ler mais sobre este livro.

Ou ainda para maiores informações, Globo Livros, clique aqui.

Bom dia e bom trabalho.

ESPM lança pós-graduação em Comunicação Corporativa

Atualmente, a comunicação é considerada área estratégica nas empresas e assume cada vez mais caráter fundamental na construção da imagem corporativa junto ao mercado.

O relacionamento com os colaboradores, investidores, fornecedores, comunidade, governo e imprensa já é visto como tão importante quanto a comunicação com o consumidor final. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), nos últimos três anos, o investimento em comunicação interna, uma das vertentes da comunicação corporativa, cresceu em média 5% ao ano. Em 2006, foram cerca de R$600 milhões investidos na área, valor que deve continuar crescendo ano a ano.

Diante desta nova realidade e da demanda por profissionais especializados na área, a ESPM lança o curso de pós-graduação em Comunicação Corporativa com início em maio.

O programa tem como objetivo formar gestores aptos a planejar e executar estratégias eficazes de comunicação com os diversos públicos estratégicos e está voltado para executivos que ocupam cargos de liderança na área de comunicação de empresas dos mais diversos setores da economia, assessorias de imprensa e agências de relações públicas, ou para profissionais de departamentos de marketing, administrativo e de recursos humanos que querem ampliar os conhecimentos na área.

O objetivo é capacitar os gestores com uma visão estratégica do negócio, prepará-los para planejar e executar ações eficazes de comunicação com os diversos públicos com o intuito de trazer solidez e credibilidade à marca e proporcionar novos negócios para empresas.

Entre as disciplinas, a pós-graduação em Comunicação Corporativa contempla comunicação corporativa no ambiente globalizado, comunicação integrada, marketing estratégico, gerenciamento de crise, comunicação interna, relacionamento com a imprensa, eventos, comunicação pública e responsabilidade social, comunicação internacional e com investidores, eventos empresariais e técnicas de comunicação para apresentações.

O processo seletivo inclui análise de currículo e entrevista com o gestor da área. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 9 de maio pelo site da ESPM (clique aqui) ou pelo telefone (11) 5081-8225. Informações pelo e-mail: candidato@espm.br

Pós-Graduação em Comunicação Corporativa

Duração: 15 meses

Carga Horária: 360 horas/aula

Período: Noturno, terça e quinta-feira.

Taxa de inscrição: R$ 150,00

Início das aulas: 19 de maio de 2008.