Antes de começar: Muito obrigado, Mario

Esta não é uma segunda-feira qualquer para minha pessoa. Por trás da correria dos tempos modernos, dos projetos, das responsabilidades familiares, é um dia de homenagem e celebração.

Hoje à noite, começo a ministrar na ESPM São Paulo o curso INTELIGÊNCIA COMPETITIVA – Como gerar resultados e vantagens competitivas a partir do uso de ferramentas de monitoramento de mercado e concorrência”.

Não é somente um curso, é um legado. E dos mais importantes, relevantes e acima de tudo prazeirosos desde sua concepção.

Neste “mundo plano” os acontecimentos passam de forma rápida e os projetos de outrora, as vezes perdem no tempo as marcas de seus idealizadores.

Mas este não é o caso deste curso. Em seu sexto ano, o curso tem como objetivo preparar profissionais e empreendedores de empresas de setores e tamanhos diversos, a antever os movimentos de seus concorrentes e aproveitar oportunidades que possam surgir no mercado. E, ainda mostrar como a atividade de Inteligência Competitiva tornou-se um fator determinante para o sucesso dos negócios.

A primeira versão do curso em janeiro de 2001, já continha uma idéia inovadora. A de apresentar estudos de casos nacionais e internacionais de empresas, destacando a estruturação e os processos internos (coleta, análise e apresentação do trabalho), entre outros tópicos.

O autor desta idéia (entre muitas outras) foi do colega (professor da ESPM há muito mais tempo que eu, já na época) amigo e guru: Mario Kempenich.

Graças ao Mario, especialista em questões típicas que exigiam agressividade, inovação e estratégia diferenciada, o curso voltado a profissionais das áreas de gestão, informação, planejamento estratégico, comunicação, vendas, marketing, entre outras áreas, tem desde seu início, como um de seus valores, mostrar como Inteligência Competitiva pode ajudar uma empresa de forma prática. Mario enfatizava a prática, os resultados, apresentando teorias, conceitos e modelos como decorrência dos objetivos empresariais a serem atingidos. Ou seja, um curso ministrado em dupla, onde cada uma de nossa visões se complementava e acima de tudo propiciava uma discussão e reflexão por parte dos participantes.

Infelizmente, Mario se foi. Mas seu trabalho, teorias, conceitos e a responsabilidade de manter ideais para este ainda crescente campo de trabalho, continua vivo durante todos estes anos, a cada nova edição do curso.

Como novos profissionais estão chegando a esta área a cada dia, falar dos profissionais que fizeram história e contribuíram de maneira decisiva para o sucesso não só do curso ao longo destes anos, mas principalmente da área de Inteligência Competitiva no Brasil, é fundamental. Falar dos autores internacionais mais conhecidos ou famosos é importante, mas não podemos esquecer dos brasileiros que contribuíram e contribuem para este nosso campo de trabalho.

Entre os temas do programa, muitos dos fundamentos, leituras e discussões tiveram início com Mario, a partir da publicação de seu livro Market biruta: como (re) orientar as empresas, os negócios e a si próprio em tempos de rápidas e bruscas mudanças, publicado pela Casa da Qualidade em 1997.

Muitas idéias e conceitos estão no livro, antecipando assim um mundo que agora estamos vendo. Para preparar este curso, retomei uma série de materiais que guardo com muito carinho, frutos das conversas e dicas do Mario.

Por isso, quando se pensa e fala da contribuição de pessoas para o desenvolvimento de outras pessoas e profissionais, penso com muito carinho em uma pessoa que fez e faz toda diferença, não só para minha pessoa, mas para seus familiares, colegas de profissão (professores e consultores), amigos e muitos, (muitos mesmo), alunos.

Por isso, é dia de agradecer a Deus e dizer uma vez mais: Muito obrigado, Mario.

5 thoughts on “Antes de começar: Muito obrigado, Mario

  1. Grande Mário!! Trabalho como estrategista corporativo…….e a leitura do livro do Mário foi um choque de 220V em minha mente…..quantas brigas NESTES 25 ANOS DE BRIGA eu mantive com clientes e consultores e advisers e aspones a respeito de muitos dos tópicos tratados no livro do Mário Market Biruta! QUANDO LI O LIVRO VI QUE SOU LOUCO MESMO E NORMAL NO NOVO MUNDO QUE SE APRESENTA!! HAHAHAHAH
    Um livro engraçado e ao mesmo tempo BRUTAL tal a velocidade de penetração nos assuntos mais perigosos que afligem os executivos hoje em dia……onde a arte de combinar estratégia com intuição torna-se um DNA intransponível para a maioria…….
    Boa sorte no seu curso Alfredo!

    Like

  2. Pingback: Hoje me perguntaram, quando a SCIP iniciou seus esforços no Brasil. A resposta: foi em 2000 | Inteligência Competitiva por Alfredo Passos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s